Quanto custa morar em Montreal, no Canadá

15 de Novembro de 2021

caro kkkk. Esse post é para exemplificar o que a gente chama de #RealidadeNômade: vamos mostrar quanto custa morar em Montreal, no Canadá, abrindo nossos gastos com hospedagem, alimentação e transporte durante os quase seis meses que ficamos por lá.

parque canadense em montreal no inverno

o parque que fazíamos exercícios atrás de casa

Antes de ler, leve os seguintes pontos em consideração:

  1. Nesses números estão a soma do que o Pablo e eu tivemos de gastos juntos. Se você quiser fazer uma ponderação de quanto seria o valor individual aproximado, é só dividir por dois;
  2. O Canadá foi o segundo país da nossa vida nômade, como falamos no post que resumimos como foi morar lá pelo aspecto da experiência;
  3. Ficamos em Montreal entre julho de 2019 e janeiro de 2020. Era verão quando chegamos, alta temporada e isso impacta na disponibilização e preço de produtos e serviços locais;
  4. A exposição dessas informações financeiras não tem outro objetivo que não seja o de mostrar a nossa realidade como nômades. Se algo não ficar claro, fique à vontade pra usar a sessão de comentários ao final desse post (um registro no próprio post ajuda os outros visitantes). Iremos responder o quanto antes;
  5. Os gastos de cunho pessoal ou profissional, como compra de equipamentos ou roupas em promoção são controlados à parte, mas inseri aqui no post. A ideia é que a gente possa comparar o nosso estilo de vida nos lugares;
  6. Na Itália não fizemos a separação do que era supermercado e feira de restaurante e lanchonete. Como isso passou a fazer muita diferença no nosso orçamento, a partir do Canadá passamos a separar as coisas;
  7. Os valores de transporte fornecidos incluem todos os transportes que pegamos dentro da cidade;
  8. Na época que fomos pra Montreal, o Dólar canadense (moeda local) tava custando uma média de R$ 3,30. Todos os gastos nesse post estarão na moeda local.

Planilha de gastos

Utilizamos uma planilha bem simples para anotar os gastos. Clica aqui pra baixar e usar também.

Sugiro que, independente do seu estilo de vida – nômade ou não -, sempre anote seus gastos. Conhecer eles é fundamental para uma boa saúde financeira e mental.

Quanto custa morar em Montreal, no Canadá

Quando fomos pro Canadá, o plano inicial era morar em pelo menos duas cidades. Queríamos ir pras montanhas, que é a região mais famosa de lá, mas infelizmente vimos que ia sair caro demais pro nosso bolso.

Por conta disso, acabamos ficando por Montreal mesmo, que das cidades grandes do Canadá, é a mais barata – apesar de ainda assim ser caríssima pra gente. Aqui vou explicar as vantagens, desvantagens e lições aprendidas dos custos de morar em Montreal.

Hospedagem em Montreal

Como já mencionamos nesse post, alugamos 3 casas em 3 bairros diferentes na cidade – todas exclusivamente pelo Airbnb. A primeira foi só um quarto por 3 noites, o que deu um total de 173 CAD.

A segunda casa foi a mais cara que já pagamos na vida. Alugamos um apartamento inteiro, e negociando o valor com um belo desconto, ficou 1900 CAD por 30 dias. Dessa vez irei colocar a conversão em reais por escrito, pra gente nunca mais esquecer que pagamos R$ 5.600 (já com o cacete do desconto incluído kkkry) num aluguel de uma casa bem ok. Deveria ser um palácio por esse valor todo.

Chegamos a fazer uma segunda oferta pra continuarmos no apartamento por mais um mês, pagando bem menos que isso, mas o dono já tinha garantido o aluguel pra outras pessoas.

apartamento em airbnb canadense em montreal
o airbnb mais caro que já pagamos, que de palácio não tem nada

E aí, pesquisando muito, decidimos abrir mão do espaço inteiro e alugarmos um quarto pra uma estadia mais longa. E foi a melhor decisão que tomamos na época, foi uma experiência maravilhosa e não temos do que reclamar. Fechamos um quarto pra 4 meses por um total de 4.339 CAD, ou seja, 1.084 CAD por mês.

Na época, nosso orçamento mensal pra hospedagem era de R$ 3.500, e ficou bem próximo disso – com um descontinho incluso. Pra você ver como aluguel no Canadá é caro. E fica a dica: sempre negocia o valor final no Airbnb.

No final da nossa estadia, a host viajou e a casa ia ficar sem ninguém. Ela ofereceu ficarmos mais uma semana tomando conta da casa (e do gato) sem pagar nada – Charlotte, saiba que te amamos, obrigada!

Gastamos um total de 6.412 CAD com hospedagem em quase 6 meses morando em Montreal. Dá uma média de 1.068 CAD por mês, o que dá bem próximo do nosso orçamento mensal com hospedagem na época.

Alimentação em Montreal

Restaurantes

Por ser uma terra de imigrantes, o Canadá tem uma grande diversidade de restaurantes, com culinária do mundo todo. Esse foi nosso ponto fraco morando por lá. Foi difícil nos controlar pra não comer fora todo final de semana. Tem muita opção e a gente tava sempre querendo experimentar uma coisa nova, seja indo nos lugares ou pedindo delivery.

Gastamos uma média de 457 CAD por mês com restaurantes e deliveries em Montreal.

hambúrguer de praxe e um lámen que amamos

Mercados

Também vimos uma variedade bem grande de ingredientes do mundo todo nos mercados de Montreal. Nunca tivemos dificuldade pra achar nada, nem batata palha! Inclusive, é bem fácil encontrar mini mercadinhos de famílias estrangeiras, como asiáticos e brasileiros.

A gente bateu ponto no mercado brasileiro pelo menos 1x no mês pra matar saudade do mate e da paçoca kkk.

Gastamos uma média de 449 CAD por mês com mercados em Montreal.

felizinhos achando comida brasileira em Montreal kkk

Transporte em Montreal

Montreal tem uma malha de metrô muito bem distribuída. Atende a maior parte da cidade e pra gente foi excelente. Era bem raro usarmos o Uber, só usamos pra trocar de casa. Todas as casas que ficamos eram relativamente próximas ao metrô, a mais longe ficava a uns 15 minutos de caminhada.

Mas o fato de ter metrô e tanta coisa pra fazer, fez a gente gastar um pouco demais com isso. Gastamos uma média de 70 CAD por mês com metrô em Montreal. E um total de 73 CAD com Uber.

Não colocamos aqui os gastos com a passagem da Itália pro Canadá e nem do Canadá pro próximo destino pois utilizamos milhas aéreas.

Lazer em Montreal

Se tem uma coisa sobre Montreal é que sempre tem o que fazer. Faça chuva, sol ou neve, calor ou inverno, a cidade é cheia de eventos gratuitos. Fomos em um festival de cultura japonesa, em um festival de cultura do oriente médio, festival de cinema, era festival de tudo que é tipo.

Por conta disso, sentimos o famigerado FOMO morando em Montreal (o medo de estar perdendo algo e querer fazer tudo).

Lembra que falamos que foi impossível irmos no cinema na Itália? Pois em Montreal a gente se esbaldou kkk Fomos um total de 4 vezes no cinema. Assistimos Aladdin, Era uma vez em Hollywood, Coringa e Bacurau (foi bem estranho ver filme brasileiro com legenda em inglês, nosso “eita” vira “wow” e não tem o mesmo impacto de um eita kkk).

Cada cinema tinha seu próprio preço, mas pagamos uma média de 12 CAD nos ingressos (cada um). Fomos em um jogo de hóquei e num show de drag queens MARAVILHOSO (realizando meu sonho de princesa).

Gastamos uma média de 17 CAD por mês com lazer em Montreal.

A gente sempre ficava de olho nesse site pra ver os eventos e novidades que aconteciam pela cidade.

jogo de hóquei e as deusas drag se apresentando

Compras pessoais

Montreal foi um lugar que nos esbaldamos, digamos assim. Pra começar, gastamos uma boa grana com equipamentos fotográficos. Compramos um tripé (esquecemos o nosso no Brasil e estávamos precisando), uma lente 24mm pra nossa câmera e uma câmera analógica. Compramos algumas roupas novas também.

Gastamos uma média de 633 CAD por mês com compras pessoais em Montreal.

Passeios pelo Canadá

Recém chegados da Itália, a gente se decepcionou um pouco com o trem no Canadá, no quesito preço. Não conseguimos viajar de trem pelo país e conhecer cidades vizinhas, como fizemos na Itália. O trem era bem mais caro no Canadá, então acabamos desistindo e ficando mais quietinhos.

Fizemos três passeios com amigos, e todos foram com o carro deles. Fomos pra Mont-Tremblant, uma cidade a 1h30min de distância de Montreal. Passamos o dia com a Kely e o Fábio por lá, foi bem gostosinho. A cidade se resume praticamente a um quarteirão com restaurantes e lojinhas de souvenires.

menina com casaco amarelo em ponte com vista pro mar

eu fazendo cosplay de It em Mont-Tremblant kk

O segundo lugar que conhecemos com amigos foi Saint-Sauveur. Muita gente vai pra lá esquiar ou fazer snowboarding, nós fomos fazer o segundo. Se você tiver seu próprio equipamento, é só chegar e praticar seu esporte em paz, sem custos. Se não, existe um local pra alugar todo o equipamento necessário, você só paga pelo aluguel.

O Vander deu uma verdadeira aula pra gente. Aprendemos um novo esporte e foi bem divertido!

clica pra assistir a gente fazendo snowboarding pela primeira vez!

Outro lugar que fomos também com o Vander e o Ray foi Ottawa, a capital do Canadá. Fomos passar uma tarde por lá, conhecemos o centro da cidade e comemos uma coisinha.

Custo de vida em Montreal

Ficamos bem acima do nosso orçamento morando em Montreal. Se não fossem as compras pessoais, não teríamos estourado tanto esse orçamento. Ainda não tínhamos uma fonte de renda na época, ainda estávamos só com a nossa reserva.

Por conta disso, torramos uma grana e acabamos diminuindo nosso orçamento mensal, que era de R$ 6500 pra R$ 6000.

No geral, achamos o custo de vida caro pra quem ganha em reais. Se você ganha na moeda local, o dólar canadense, consegue se manter bem ganhando apenas um salário mínimo.

Em resumo:

Somando todas as médias de gastos por mês, tivemos um custo de vida médio de 2.767 CAD por mês em Montreal. Lembrando que esse é o valor total pra duas pessoas.

homem caminhando na neve admirando a arquitetura

Seguimos documentando esses gastos mensais em todos os lugares que passamos. Ainda dependemos muito de lugares com a moeda mais fraca, pra podermos nos manter dentro do nosso orçamento. Com o dólar cada vez mais alto, buscamos lugares com custo de vida mais baixos.

Seguiremos abrindo nossos custos a cada lugar que passarmos durante essa vida nômade. O post tá atrasado, mas ainda vale! Achamos válido compartilhar esse tipo de post para darmos alguma noção pra você, que esteja procurando um novo lugar pra ficar por um tempo – nômade ou não.

Esperamos que isso possa facilitar seu processo de planejamento pros próximos destinos. Se ficar alguma dúvida, deixa a pergunta aqui nos comentários que a gente responde!

quanto custa morar em montreal, no canadá
Escrito por:
Barbs

você também pode gostar de:

nesse post falamos de

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of