Internet na Itália: como se manter conectado

27 de Maio de 2020

Nesse artigo contamos como se manter conectado à internet na Itália, qual o melhor chip para usar por lá e como é o Wi-Fi pelo país.

Antes de chegarmos na Itália pesquisamos um pouco sobre as possibilidades que tínhamos para nos manter conectados com a internet, principalmente pelo celular. Como estamos viajando o mundo, não priorizamos ligações internacionais já que hoje existe o Skype, o Facetime e a chamada de vídeo pelo WhatsApp. Então basicamente só precisávamos de dados, e de preferência ilimitados, porque nunca sabemos o que esperar do Wi-Fi de onde iremos nos hospedar. 

Plano de Dados na Itália

Acreditamos que a empresa mais conhecida de chip na Europa seja a Vodafone, porém achamos os valores um pouco altos. Todos os planos da empresa hoje estão com a tecnologia 5G. O plano mais barato custa 14,99€ (euros) por mês e oferece 10GB de internet, minutos e dados ilimitados para alguns apps de rede social. O plano mais caro custa 39,99€ por mês e oferece internet ilimitada, minutos ilimitados para a União Européia e 1000 minutos para fora, SMS ilimitados + 5GB de roaming. 

Pesquisando um pouco mais, encontramos a Iliad, uma empresa nova no mercado que possui preços super competitivos e mais acessíveis. O plano que nos chamou atenção foi o de 50GB de dados em 4G/4G+ por apenas 7,99€/mês, com minutos e SMS ilimitados para toda a Europa e para alguns outros destinos.

Usamos esse chip durante os três meses que moramos na Itália. No primeiro mês, o valor total fica em 17,98€ por conta do valor do chip. Nos meses seguintes já é cobrado apenas os 7,99€. Decidimos escolher esse por ter sido o melhor custo-benefício que encontramos.

Em comparação, o plano de 60GB da Vodafone custa 14,99€/mês. Comparações abaixo.

chip de internet na Itália
chip de internet na Itália
plano de dados Vodafone Italia
Pano de 60GB de dados 5G na Vodafone

No Brasil, possuíamos planos pré-pagos com 12GB de internet e nos atendiam bem, porém tínhamos um ótimo Wi-Fi ilimitado em casa. Portanto, não chegávamos a gastar nem metade dos dados no mês. Por conta disso, pensamos que 50GB seria suficiente em cada celular nosso (juntos teríamos 100GB por mês) caso o Wi-Fi nos apartamentos que estivéssemos desse algum pau.

Como esperado, foi mais do que suficiente. Na vez que mais tivemos problemas com a internet do apartamento, chegamos a gastar 30GB cada um no mês. Ou seja, ainda sobrou mais 40! Após a Itália, começamos a considerar comprar apenas um chip só pros dois e tem bastado para emergências na rua ou quando o Wi-Fi do apartamento cai.

COMO E ONDE COMPRAR CHIP NA ITÁLIA

Quando chegamos na Itália, ficamos duas noites em Roma e descobrimos que havia um quiosque da Iliad em um shopping próximo ao nosso apartamento. O quiosque era pequeno e possuía máquinas para auto-atendimento e uma atendente para ajudar caso precisasse. Pedimos ajuda da atendente e apesar dela não falar nada de inglês, conseguimos nos comunicar e ela fez tudo para nós. 

Para o cadastro, tivemos que mostrar nossos passaportes e ela escaneou eles na máquina. Tem uma parte que pede um número social seu da Itália, ficamos bem confusos mas a atendente nos ajudou. Esse número é como se fosse um código seu do país, uma mistura das letras do seu nome com alguns números. A atendente jogou no Google e descobriu.

No final do cadastro, você precisa gravar um vídeo na câmera da máquina de atendimento repetindo uma frase escrita na tela, para a confirmação final. Esse processo é rápido e tranquilo. 

O quiosque não aceitava dinheiro, então tivemos que pagar no cartão. Como colocamos os dados do cartão, nos meses seguintes ele já debitou automaticamente na mesma conta o valor mensal. Caso você queira cancelar a conta, é só ir na área pessoal do site e pedir para cancelar. Portanto, não esqueça de cancelar antes de ir embora do país!

A atendente nos deu a senha e login de cada um para acessarmos o site, onde você pode acompanhar o gasto da internet e ver onde existem lojas pela Itália toda. 

consumo de dados Iliad
Consumo de dados na Iliad
mapa de lojas da Iliad pela Itália
Mapa de lojas da Iliad pela Itália

Nós usamos o serviço por três meses e recomendamos de olhos fechados, nos atendeu muito bem em todas as cidades da Itália que fomos, que inclusive eram pequenas e nada turísticas.

  • Nota 10/10

WI-FI NA ITÁLIA

Antes de irmos para a Itália, havíamos lido em vários lugares que a internet não era lá essas coisas e que em muitos lugares os dados eram limitados, principalmente nos apartamentos. Porém, só tivemos problema com o Wi-Fi na nossa segunda estadia, em Perugia.

Em Livorno, tivemos a experiência de testar a internet mais rápida de nossas vidas. O nome da rede era Fast Web e era fast mesmo, tinha 120Mb/segundo! Nem mesmo em nossa casa tínhamos isso tudo de velocidade, acho que eram uns 10Mb/seg. Não tivemos nenhum problema, a internet caiu algumas poucas vezes porém voltava bem rápido. 

casal trabalhando nos seus notebooks em mesa na sala
Nossa mesa de trabalho em Livorno, na melhor internet Wi-Fi

Já em Perugia, o roteador era da altura e largura de um dedo (juro!) e descobrimos ser a mesma internet que nossos celulares, porém era 3G – nem sabíamos que isso ainda existia. A internet era praticamente inexistente a ponto de não conseguirmos acessar o Google e nem carregar o feed do Instagram. O dono chegou a comprar um novo roteador – mesmo tamanho, só mudava a cor – que dizia ser 4G e o sinal estabilizou um pouco, mas a velocidade ainda era muito baixa. Foi nessa época que chegamos a gastar 30GB cada da internet dos nossos celulares.  

Em Soriano nel Cimino, nossa última cidade na Itália, encontramos novamente um ótimo Wi-Fi, ótima velocidade e não tivemos problema nenhum. 

No geral, não chegamos a usar o Wi-Fi nos lugares que íamos, como bares e restaurantes, porque a nossa internet já dava conta. 


Essa foi a nossa experiência com a internet na Itália. Achamos tanto o serviço de Wi-Fi quanto de dados no celular muito bons. Inclusive a Iliad foi a opção mais barata que encontramos até agora na nossa viagem. Já passamos por Montreal, Sérvia e Portugal e nenhum desses lugares apresentou algo mais acessível que a Iliad. Assim como nenhum Airbnb que ficamos bateu a internet de Livorno!

Pine para não esquecer!

internet na itália como se manter conectado
Escrito por:
Barbs
nesse post falamos de

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of